quarta-feira, 16 de julho de 2014

A Definição de Insanidade - Uma Creepypasta Para Refletir...


BOTE SUA PAMPERS E... INSANO...

Dizem que a definição de insanidade é "fazer a mesma coisa de novo e de novo e esperar resultados diferentes". Eu entendo o sentimento por trás disso, mas está errado.

Eu entrei no prédio por causa de uma aposta. Eu estava desesperado por dinheiro e nunca cai nessas velhas lendas do hotel pra começar. Então 50 pratas eram mais do que suficiente pra eu aceitar. Era simples. Bastava chegar no último andar, o quadragésimo quinto, ligar minha lanterna de uma das janelas lá de cima fazer uns pactu, dançar a ragatanga doida e dar umas piruetas lokas para provar que eu subi e pronto.

O hotel era velho e destruído, inclusive o elevador, o que significa que tive que subir pelas escadas. Então, lá fui eu, degrau após degrau. Enquanto subia, notei as antigas placas de bronze numerando cada andar. 15, 16, 17, 18. Eu me senti um pouco cansado conforme subia mais, mas até então, nada de fantasmas, nada de canibais, nada de demônios. Moleza.

Eu não sou capaz de dizer o quão feliz eu fiquei quando cheguei no último lance de números. Com alegria, eu comecei a conta-los em voz alta. 40, 41, 42, 43, 44, 44. Eu parei e olhei para as escadas atrás de mim. Devo ter virado autista contado errado, então eu continuei a subir. 44. Mais um lance de escadas. 44. Eu desci 10 lances de escadas. 44. Eu desci quinze lances de escadas. 44.

E tem sido assim desde onde sou capaz de me lembrar. Então, na verdade, a definição de insanidade não é fazer algo repetitivamente e esperar resultados diferentes. É saber que os resultados nunca vão mudar; que cada porta, vai me levar para as mesmas escadas, para o mesmo número. É perceber que você já não dorme mais. É não saber se você está correndo a dias, semanas ou anos. Enquanto o choro começa a se transformar em uma risada descontrolada.

Fonte: Dossiê do Felipe
_____

Assim que eu vi essa creepy eu soube que ela deveria estar aqui. Não porque eu vivo falando a palavra "insano" com vocês, mas sim porque tomei um gosto peculiar pelo termo insanidade. Perdido na sua amplidão e na sua loucura, acreditei que uma história em cima de seu significado seria do extremo agrado tanto de minha pessoa, quanto de vocês, insanos, que vêm a este buraco de rato ler alguma coisa.

No mais, temos um excelente texto. O autor pegou uma simples - e cliché, digassi di passagi - circunstância e introduziu de forma brilhante a sua opinião acerca do assunto. Logo, o aposta com os amigos nada mais foi do que um meio para chegar aonde o autor queria, tornando-se assim o mais irrelevante da história. Esse jogo, muito me agradou.

Avaliação Final: É... 10 né... saporra foi muito boa!

O QUE É "INSANO" PARA VOCÊ?... AUGE DA LOUCURA?... ALGO MAIS?

QUE SEUS PESADELOS SE TORNEM REAIS

BOA TARDE

5 comentários:

  1. Insanidade é como você matar por prazer, torturar alguem por prazer, tipo minha mãe, q mesmo tendo empregada ela me coloca pra lavar prato :(

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha lido no Dossiê, lembrei de tu… daí tu vem e posta aqui :v ô ironia do destino.

    ResponderExcluir
  3. Pra mim insanidade é o mesmo que sanidade. Não há um limite entre um e outro e você nunca sabe qual dos dois você é, mas com certeza tem os dois morando dentro de você, como um parasita esperando para ser despertado e se alojar no seu cérebro.
    A insanidade é o que te leva a fazer o que sempre quis e conhecer o que nunca quis conhecer. Seu pior lado, aquele que é capaz de se divertir com cada detalhe sórdido.
    Em resumo, insanidade é inevitável.

    ResponderExcluir